Home VeganismoAlimentação Saudável Guia da Horta em Apartamento: o que plantar e como cuidar

Guia da Horta em Apartamento: o que plantar e como cuidar

Escrito por Ludmila Alves 1 de abril de 2018
Guia da Horta em Apartamento: o que plantar e como cuidar

Quando a gente planta nossos temperinhos em casa, estamos nos dando acesso gratuito a alimentos saudáveis e orgânicos. E é exatamente por isso que defendo com todas as minhas forças que deveríamos aprender a cultivar uma horta em apartamento (ou em casa ou onde tiver espaço)!

Mas o que dá pra ter em vasinhos? O que o manjericão, a cebolinha, a pimenta e os outros cultivos caseiros precisam para viver, continuar crescendo e dando sabor e saúde ao que comemos?

Suas dúvidas acabam aqui e nenhum hortelã a mais vai morrer! 😉 Ter uma hortinha caseira é mais fácil do que parece. Olha só:

🌱 Quais as melhores plantas para uma horta em apartamento?

🌱 Horta em apartamento: cuidados necessários

🌱 Como fazer seu próprio adubo natural

🌱 Com que frequência e como adubar?

🌱 Onde plantar seus temperinhos e algumas ideias de decoração

Você pode clicar em qualquer tema acima para ir direto a ele.

Boa leitura e bons cultivos!

 

🌱 O que plantar na horta em apartamento?

Dá pra plantar bastante coisa na sua horta em apartamento dependendo do espaço que tem disponível, da profundidade dos seus vasos e do trabalho que você está disposto a ter.

Aqui separei os cultivos possíveis em três grupos: temperinhos, frutos e hortaliças.

 

🍃 Temperinhos

São os mais fáceis de cultivar, não precisam ser replantados (já que é só arrancar algumas folhinha do pé), ocupam pouco espaço e é fácil encontrá-los a venda até em supermercados. 😀

Hortelã: exige um vaso maior e não é recomendado para ser colocado em recepientes compartilhados porque suas raízes ocupam mais área do que outras ervas.

Salsinha: assim como a hortelã, se desenvolve melhor sozinha em um vaso já que tem raízes mais profundas do que os outros temperos.

Coentro: ele é confundido com a salsinha, mas é diferente!

Cebolinha: sempre tire as os talos pela base ao colher, nunca pela metade.

Manjericão: sabia que é possível usar um raminho de manjericão que você comprou para plantá-lo em um vaso? É só tirar as folhas deixando umas 3 no alto do ramo, cortar o final do raminho na diagonal e e colocar a metade dele imersa na terra.

Alecrim: na hora de colher, retire sempre metade ou menos do raminho. Isso é importante para dar continuidade ao crescimento dele.

Orégano: sim, essa temperinho fresco é tão bom quanto a versão desidratada e pega com facilidade.

horta em apartamento orégano fresco

Orégano fresco para integrar sua horta em apartamento!

Tomilho: fica ótimo em vasos e se adapta bem até nos mais pequenos.

Sálvia: não é tão popular, mas bastante usada em molhos. Vale a pena ter em casa.

Pimenta: dedo-de-moça, biquinho, tabasco são as mais populares para se cultivar em mini-hortas.

Ter orgânicos e saúde em casa é uma questão de escolha, sim!

Se quiser se profundar nesse assunto, recomendo o post É caro ser vegano ou vegetariano? 12 verdades que você deve saber.

🍓 Frutos

Não só de temperos e aromas vive uma horta de apartamento. É possível adaptar e ter até frutos!

Tomatinho cereja: você pode usar os tomatinhos que tem na geladeira para fazer as mudas. Quando as sementes estiverem com brotos, coloque-as em vasos maiores e, a medida em que o tomateiro for crescendo, coloque estacas para otimizar o espaço.

Morango: dá pra ter morangos em casa. 💚 O ideal é plantá-los com as sementes já prontas e usar uma terra de boa qualidade. O vaso deve estar suspenso para os morangos crescerem em cascata.

Amora: por crescer de forma parecida com o morango e ter boa adaptação, também pode estar em um vaso na sua horta em apartamento.

 

🥗 Hortaliças

Não é tão comum a gente ver hortas em apartamento que vão além dos temperos. Mas isso é possível caso tenha um espaço maior para outros vasos.

O cuidado com as hortaliças é que, como elas se desenvolvem mais (são maiores), exigem mais luz e, dependendo do tipo, um novo plantio.

Couve: suas variedades são bem fáceis de cultivar, especialmente a couve-manteiga.

Alface: existem versões menores, como a alface baby, que cabem em qualquer vasinho.

Espinafre: se desenvolve melhor no tempo do frio.

Agrião: também é uma boa opção e de fácil cultivo.

Beterraba: a principal vantagem em cultivá-la é que além da raíz, as folhas também podem ser usadas na alimentação. Uso bastante no suco verde! 😊

Cenoura: assim como a beterraba, pode ter as ramas usadas enquanto cresce debaixo da terra.

Rabanete: cresce rápido e em 25 dias pode ser colhido. Mas ao tirá-los do vaso, você precisará repetir o processo de plantio das sementes.

 

🌱 Horta em apartamento: cuidados necessários

Eu não poderia falar sobre o que plantar sem detalhar os requisitos mínimos pra gente fazer uma horta caseira, não é mesmo? Afinal, esses pontos de atenção são determinantes para suas plantas prosperarem.

Como sou apaixonada pelo assunto, fiz um curso de horta caseira que me ajudou bastante nesse sentido realizado pelo pessoal da Casa Vida Hortas e Jardins de Belo Horizonte.  Muito do que está descrito abaixo, foi com eles que aprendi.

São eles:

Luz do Sol

De um modo geral, a maioria dos temperos e outras plantas comumente usadas em hortas precisam de 4 horas de luz diária. Logo, se você não tem uma sacada no seu apartamento, tente deixar seus vasinhos nas janelas ou próximos a ela.

 

Substrato de qualidade – Um bom solo

Esse é um nome que os agrônomos dão para um solo bem preparado, com bastante matéria orgânica, que vai nutrir suas cebolinhas, manjericão, orégano e afins. Ele é super importante porque a maioria dos cultivos que a gente utiliza são nativos de outros lugares do mundo, então, eles precisam de uma força para crescer bem por aqui.

Caso você esteja fazendo sua horta em apartamento do zero, tem duas opções: comprar esse substrato pronto em uma casa de jardinagem ou fazer o seu.

Como fazer seu próprio solo

Essa é a opção mais indicada, já que com ela você garante que o solo será de qualidade. A “receita” é a seguinte:

  • 1 parte de terra vegetal – pode ser comprada em floriculturas ou casas agrícolas
  • 1 parte de terra de barranco (a terra vermelha) – que você pode pegar em qualquer roça
  • 1/2 de esterco ou humus – pode ser de qualquer animal
  • 1 pitada de calcário – polvilhe sobre a quantidade que tem (opcional)
  • 1 pitada de farinha de ossos e torta de mamona –  polvilhe sobre a quantidade que tem (opcional) e note que esse não é um composto vegano
  • serragem ou folhas secas – para cobrir o solo e evitar que ele resseque

As proporções são adequadas para transplantar mudas em vasos. Caso a intenção seja plantar as sementes, é preciso fazer uma receita diferente: use 2 partes de esterco ou humus para 1 parte de terra, sendo esse o solo adequado para berçário de mudas.

Parece algo difícil? A sugestão é se juntar a outras pessoas que também estão planejando uma horta caseira e dividir os custos e o fazer do solo entre o grupo. Nada da lista é caro, mas vem em grandes quantidades, por isso compartilhar é uma excelente opção.

Como comprar solo

Muitas das plantas que você compra direto no vaso não contam com um substrato de qualidade excelente e este é um dos principais motivos pelos quais elas não duram. Portanto, a única forma de comprar bem é saber a procedência.

A melhor opção é perguntar a quem faz horta, seja pessoalmente ou em grupos na internet, e que já tenha testado substratos comprados em diferentes lugares. Somente assim dá para ter um veredito sobre a qualidade.

De toda forma, se o solo não é dos melhores ainda é possível adubar de forma natural, tema que ganhou um tópico específico por aqui.

Adubação

Colocar adubos nos seus vasinhos é essencial e você não pode pular essa tarefa! O motivo é simples: as plantas retiram nutrientes do solo para crescerem, assim, a medida em que a planta se nutre, você colhe, novas folhas e ramos crescem e eles puxam mais nutrientes da terra. Nesse ciclo, o solo vai empobrecendo e, consequentemente, os nutrientes dos seus vegetais também.

A adubação se faz necessária nos seus cultivos da hortinha caseira porque é o alimento pra planta, facilmente disponível em um canteiro no chão, mas inexistente em um vasinho.

Mas lembre-se, se você comprar adubos convencionais, sua horta em apartamento deixará de ser orgânica. 😦

Por isso, dediquei um tópico só para explicar como fazer adubo orgânico em casa.

 

Água

Sabemos que esse é um item óbvio, mas quem nunca esqueceu desse detalhe em um dia corrido, não é mesmo?

O segredo é deixar a terra sempre úmida, por isso a importância de cobrir a terra dos vasos com serragem ou folhas secas. E para verificar a umidade, a melhor prática é colocar seu dedo na terra até a raiz da planta e se ela não estiver úmida, regue!

É ideal que isso aconteça no início da manhã ou no fim da tarde para que a água fique na planta e não evapore tanto por causa do calor. 

Outro cuidado essencial é tirar a cobertura seca da terra, a serragem ou as folhas, na hora de aguar.  Quando terminar, é só colocar a cobertura novamente.

vaso autoirrigavel horta em apartamento

Para facilitar essa rotina de cuidados, você pode comprar vasinhos de irrigação automática para as plantas que necessitam de mais água.

 

Vasinhos corretamente planejados

Como você pode perceber, ter qualquer terra no vasinho não é suficiente pra ver suas salsinhas, pimentas, cebolinhas e hortelãs crescendo e indo direto pro seu prato. É preciso criar um ambiente que imite ao máximo um solo aberto, digamos.

Assim, a maneira que você monta o vaso (ou como ele está montado quando o compra) é bem importante! Um bom vaso, ou latinha, ou cantoneira, ou qualquer coisa que você for usar como, precisa ter os elementos a seguir:

Furo na base: o que irá garantir que não haverá excesso de água na terra, afinal, seu objetivo não é cultivo hidropônico. 😂

Camada de drenagem: para a terra não ir embora com a água quando as plantas da sua horta forem regadas, é necessário usar uma camada de drenagem no fundo do vaso, antes da terra.

Essa camada pode ser feita com pedras, fibra de coco, argila expandida, manto de drenagem e até cacos de telha.

Tamanho: a maioria dos temperinhos pra uma horta em apartamento podem estar em vasos pequenos com altura superior a 15 centímetros, o que já é espaço suficiente pras raízes crescerem.

 

Poda

Uma das maneiras de não deixar que os temperos e hortaliças da horta em vaso morram é garantir que as raízes não precisem crescer muito. Para isso, é necessário cuidar da parte que vemos da planta, a que fica fora da terra, afinal, quanto mais os ramos crescem, mas a raíz precisa crescer também. O problema é que esse espaço não existe em um vaso pequeno.

Temos aqui duas soluções: colher sempre raminhos da sua horta em apartamento para consumo ou podar.

Nos casos de poda, é preciso reduzir o tamanho dos ramos cortando sempre rente a uma gema (a linha onde crescem as folhas) e também retirar as flores dos temperos, como é o caso do manjericão.

Com esses cuidados, logo você terá uma horta maravilhosa! 💚

 

🌱 Como fazer seu próprio adubo natural

Tem várias coisinhas prontas ao seu alcance que podem ser adubo.

Todas as opções citadas aqui podem ser adubos orgânicos, basta que utilize alimentos orgânicos em casa para isso. Caso não use, já terá um adubo natural de boa qualidade, prático e que terá um bom destino.

☕ Borra de café

Ela é rica em potássio, nitrogênio e fósforo e não precisa de preparação prévia para ir para os vasinhos que fazem parte da sua horta em apartamento. É só colocar sob a terra. 😊

Esse adubo natural também afasta lesmas e caracóis (que de fato só aparecerão caso você more no térreo).

 Leia também Onde encontrar orgânicos em BH

🌾Grama cortada

Grama é um boa opção para adubo se você sabe a procedência dela. A grama da praça do bairro pode conter fertilizantes químicos pra estar sempre viçosa, compostos que a gente não quer nos nossos cultivos caseiros.

Mas caso haja algum vizinho, parente ou conhecido que aparou o jardim recentemente, peça um pouco da grama dele.

Apenas tome cuidado para evitar que não venham raízes da grama junto porque não queremos que elas se enraízem na horta e concorram com nossos cultivos.

🍌 Cascas de banana

Outro adubo bem fácil de fazer. 😊 É possível enterrar a casca de banana no vasinho ou deixá-la decompondo em água por 2 ou 3 dias e usar esse líquido para borrifar nas folhas.

As cascas são ricas em potássio, cálcio e fósforo.

♻ Compostagem: o humus e o chorume

Compostar é uma atitude incrível, mas você precisa ser paciente para ter esse adubo pronto. Os restos dos seus alimentos naturais levam cerca de 2  a 3 meses para estarem completamente bons para serem adicionados à terra dos recipientes em que você está plantando.

Para essa tarefa, você pode contar com um recipiente desenhado para isso, a composteira, que sempre vem com uma torneira para a liberação do chorume acoplada.

O chorume de alimentos naturais, por sua vez, também é um bom adubo que pode ser extraído mensalmente da composteira e diluído para ser utilizado na horta caseira.

Composteira Spiralixo - Horta em Apartamento

Composteira Spiralixo (Contato da empresa ao final desse tópico)

Também é possível utilizar um balde com tampa para isso, mas é necessário furar o recipiente para que o chorume escorra e também colocar outro recipiente embaixo pra estocar esse líquido.

O material gerado na composteira pode ser usado tanto como adubo sob o solo, como também na composição do substrato de terra para plantar temperinhos em novos vasos. No segundo caso, é preciso compostar junto folhas secas, palha e grama já em decomposição.

Aqui algumas opções de composteiras:

SpiraLixo – de Belo Horizonte. O bacana é que eles também recolhem sua produção de resíduos caso você não adquira a composteira, mas apenas o baldinho. Eles vendem por WhatsApp no número 31 992 669 136.

Morada da Floresta – Entregam em todo Brasil

Sobre esse tópico, vale lembrar que derivados de origem animal, gorduras e óleos, vegetais doentes, resíduos de animais e plásticos não entram na composteira. Nela você pode adicionar talos, cascas e folhas de alimentos.

 

🌱 Com que frequência e como adubar?

Se a terra dos seus vasinhos for feita com um bom substrato, ou seja, um solo rico em nutrientes, a adubação não precisará ser tão constante. Mas como nem sempre esse é o caso, o recomendado é um pouquinho de adubo a cada 15 dias.

Além disso, é bem importante que você alterne os adubos naturais que usa para garantir que o solo no seu vasinho tenha todos os nutrientes. Então, uma semana você pode usar as casas de bananas, depois de duas semanas usar a borra de café, por exemplo.

como adubar uma horta em apartamento

Por fim, a adubação pode ser feita de 4 formas: colocando o adubo na superfície da terra do vaso, fazendo furinhos para seu escoamento, enterrando ou diluindo esse adubo em água e borrifando ele na folha dos temperos da sua horta em apartamento.

Depois desse guia vai ficar bem fácil fazer uma hortinha caseira e fazê-la prosperar! 😊 Acredito que o mais importante aqui é incorporar os cuidados com as plantas na sua rotina, fazendo isso sempre no mesmo horário. Eu, por exemplo, molho as plantas no final da tarde.

Além disso, utilize sempre os temperinhos e outras hortaliças que estão a sua disposição, afinal, é pra isso que sua horta em apartamento existe! Com eles, é possível finalizar pratos, fazer chás e até mesmo adicionar nutrientes extras no suco.

 

🌱 Onde plantar seus temperinhos e algumas ideias de decoração

Você encontrará vasinhos de alumínio, de cerâmica, de plástico e de outros materiais para os seus cultivos na horta caseira. Mas se planeja plantar várias coisinhas, vai precisar aumentar a área de solo, não é mesmo?

A gente encontra muitas ideias de como otimizar espaços para plantar os temperinhos e hortaliças. Algumas exigem furar paredes e  compra de equipamentos. Mas como o praticável é a palavra de ordem por aqui, separei 7 ideias de como organizar a hortinha de um jeito simples da gente fazer.

Espero que esse guia tenha sido relevante pra você! Agora é hora de colocar esses conhecimentos em práticas para ter acesso a alimentos orgânicos e saudáveis porque nossa saúde merece. 💚

 

Facebook Comments
4 Comentários
0

veja também

4 Comentários

Marco Antonio 7 de julho de 2018 - 02:29

excelente conteúdo parabens pelo site

Reply
Ludmila Alves 11 de julho de 2018 - 20:45

Fico feliz que foi útil, Marco!

Reply
marcos alves 23 de abril de 2019 - 20:27

Muito obrigado pela dicas

Reply
Ludmila Alves 26 de abril de 2019 - 14:41

Que bom que gostou, Marcos!

Reply

O que achou? Deixe seu comentário