Home Beleza Parar de usar shampoo? 5 coisas que você precisa saber

Parar de usar shampoo? 5 coisas que você precisa saber

Escrito por Ludmila Alves 7 de maio de 2018
Parar de usar shampoo? 5 coisas que você precisa saber

Você também tem percebido que parar de usar shampoo e condicionador está ganhando muitos adeptos? Pessoas com diversos tipos de cabelo têm testado e dito que funciona abandonar esses cosméticos para lavar com produtos alternativos como bicarbonato ou apenas com água.

Econômico, eficiente e minimalista: à primeira vista parece uma grande ideia! 💚

O tema é bem interessante, mas antes de qualquer tentativa, é sensato encontrar um porquê e entender se essa tendência faz sentido, bem como quais são os benefícios e os impactos que ela traz. Afinal, a informação é onde deve começar as nossas decisões!

Assim, listei aqui todos os bons motivos para parar de usar shampoo e também aqueles que ainda não são consenso. E, claro, como substituir caso você decida cortá-lo!

Será que devemos banir de vez shampoos e condicionadores da nossa vida? Antes de tomar essa decisão, veja as 5 coisas que precisa saber:

  1. Por que parar de usar shampoo?
  2. Motivos para continuar lavando o cabelo com shampoo e condicionador
  3. Opções de shampoos sem as substâncias nocivas
  4. Como parar de usar shampoo por completo?
  5. Shampoos mais naturais ou zero shampoo: o que escolher?

Você pode clicar em qualquer um desses tópicos para ir direto a ele.

 

Por que parar de usar shampoo?

Uma das coisas mais incríveis de viver agora é ver como pessoas têm se questionado sobre qualquer prática tradicional. É claro que isso incomoda, principalmente, as empresas que sempre ofereceram algo (ou algum modo de viver), como também incomoda as pessoas, que já se adaptaram a determinadas maneiras de fazer as coisas.

Dessa vez é o shampoo que está na berlinda! Antes tão essencial e visto como item básico de higiene e beleza, agora ele é atacado como vilão.

Por que esse questionamento sobre o uso do shampoo e, consequentemente, do condicionador tem crescido tanto?

 

Ele tem substâncias nada benéficas

A única promessa que o shampoo cumpre é a de deixar nosso cabelo limpo e cheirosinho. Não existe melhora real da saúde dos fios.

Isso acontece porque esse item tão essencial na nossa vida está cheio de substâncias alergênicas e até mesmo cancerígenas, incluindo derivados de petróleo.

Essas substâncias têm papéis químicos que vão deixar esse cosmético do jeito que a gente o conhece. Os parabenos, sulfatos, petrolatos e silicones são os principais alvos de ataque para quem preza por cuidados naturais.

Entenda a seguir cada um deles e porque são tão ruins:

Os parabenos (isso mesmo, microplásticos derivados do petróleo 😱) são usados para impedir que fungos ou bactérias cresçam no shampoo. São considerados alergênicos e cancerígenos.

O limite da quantidade segura que vai nos shampoos é delimitado pela ANVISA, mas como vários cosméticos levam esse químico em sua formulação, as pessoas consomem mais parabeno do que deveriam.

É por isso que cresce o número de itens de beleza sem eles, inclusive na maquigem.

Leia também: Guia da Maquiagem Vegana

Os sulfatos, ou os sais do shampoo, como são popularmente conhecidos, não têm outra função senão gerar espuma, algo descartável para deixar o cabelo limpo. Pode agredir os fios e ressecá-los se usado em excesso.

Os petrolatos, são úteis para que o produto se espalhe, porém contribuem para o entupimento de poros e, consequentemente, podem acarretar queda de cabelo.

Por fim, os silicones, presentes em maior quantidade nos condicionadores, encapam os fios para que eles não embaracem, mas ficam grudados por ali deixando o cabelo com o aspecto pesado e oleoso.

Na prática, os químicos nos shampoos e condicionadores entregam ao consumidor o que ele quer, que é a sensação de limpeza. O problema é que o resultado real é outro: a espuma é fictícia, o cosmético convencional não ajuda em nada, o cabelo é danificado mas o produto mascara isso.

Reduzir o impacto ambiental

À primeira vista, o impacto de usar shampoo e condicionador começa nas embalagens, afinal, esses produtos vêm em recipientes plásticos, um resíduo que causa vários danos ao meio ambiente e que não é sempre reciclado.

Menos lixo, todo mundo fica mais feliz!

Quer entender o ciclo do uso plástico? Confira também o post Por que evitar plástico: do descarte à reciclagem.

O segundo ponto do contexto ambiental para não usar shampoo tem a ver com a química presente nos cosméticos para os cabelos, que vai junto com a água pelo ralo chegando a ribeirões, rios e mar carregando os tais petrolatos, parabenos, silicones, sendo estes 3 plásticos, e sulfatos, que também são poluentes.

Para nós, a água chega tratada e limpa, mas para os animais e plantas aquáticos, ela continua com esses contaminantes que nós geramos. 😥

Como shampoos e condicionadores são largamente usados, esse impacto ambiental é muito grande. Por isso, precisamos encontrar maneiras de reduzi-lo sim!

Uma delas é menos embalagens de shampoo.

 

Deixar o cabelo mais bonito

Usar shampoo e condicionador é muito prático! Temos fácil acesso a eles e estamos acostumados a usar. Essa praticidade limpa a oleosidade dos fios e ponto!

Para deixar os cabelos limpos e bonitos de verdade (porque vamos combinar, é cada promessa de beleza que tem nas embalagens) a gente tem outras alternativas. E hoje já sabemos que o nosso corpo prefere sempre o que é natural, o que não agride.

E é por isso que em todos relatos de quem decidiu parar de usar shampoo convencional o resultado exposto é sempre cabelos mais bonitos, mais fortes, mais brilhantes e também limpinhos!

Além disso, cortar da sua rotina de higiene esses cosméticos te dá uma certa liberdade. Sua necessaire vai com menos itens já que você vai se virar muito bem sem shampoo. 😊

 

Motivos para continuar lavando o cabelo com shampoo e condicionador

Todo mundo pode testar ficam sem shampoo e condicionador? Há controvérsias nesse aspecto e as razões para isso são as seguintes:

 

Cabelos muito oleosos

Médicos e dermatologistas defendem que quem tem cabelo muito oleoso, problema de caspa e queda de cabelos não deve abandonar os shampoos. Ou, no mínimo, investigar isso com um dermatologista.

Se você se encaixa nesse grupo, precisa respeitar sua individualidade. Ou, em vez de nada de shampoo ou soluções com ingredientes caseiros, pode usar versões sem os sulfatos e parabenos, que já são fáceis de encontrar.

 

O bicabornato de sódio pode desgastar os fios

O bicabornato de sódio é o item mais recomendado e usado para quem quer parar de usar shampoo mas sem ir diretamente para a lavagem feita só com água. Porém, ele não é uma boa alternativa porque tem o pH bem diferente do pH dos fios, o que os danifica.

O vinagre, usado como condicionador, é útil para balancear o pH. Mesmo assim, vale lembrar que as doses para diluir o bicabornato e o vinagre recomendadas podem não ser as melhores para o seu cabelo.

Então, se seu cabelo não se adaptar por conta dessas diferenças de pH, não é culpa sua! É a natureza.

 

É menos prático

A maioria dos depoimentos e vídeos que vemos são de casos de sucesso, não é mesmo? Mas tem gente que não se adequa e desiste de parar de usar shampoo. Tem várias razões que justificam isso.

A adaptação do cabelo leva um tempo, o que gera ansiedade e desconforto. E se for usar o bicabornato e o vinagre para lavar, ou somente água, vai ter que aprender isso bem direitinho e considerar que será menos prático.

Apesar dos contras existentes, quero deixar claro que é super importante entender que os benefícios são maiores e que você não precisa eliminar todos os tipos de shampoos. É possível ser mais natural e, ainda assim, prático! Mas também é importante expor o lado nem tão legal do processo.

Opções de shampoos sem as substâncias nocivas

Usar shampoos naturais, ou seja, sem algumas daquelas substâncias nocivas citadas aqui, já é um excelente passo para sua saúde e a dos seus cabelos, além de evitar contaminantes na água que vai pelo ralo na hora do banho.

Assim, em vez de No Poo (zero shampoo), você pode praticar o Low Poo (lavar o cabelo com shampos sem sulfatos e parabenos).

São 2 tipos de opções de shampoos nesse caso:

 

Shampoos Sólidos

Shampoo sólido é o que há de mais natural para quem não quer parar de usar shampoo. E, na maioria das vezes, essa opção resolve até o problema da embalagem, que costuma ser de papel ou papelão.

No entanto, algumas marcas que se dizem naturais, como a Lush, acrescentam sulfatos para gerar espuma, portanto, é importante ressaltar que não é porque o shampoo é sólido que ele é natural como gostaríamos!

As marcas que oferecem shampoos sólidos naturais sem parabenos, petrolatos ou sulfatos são:

🍃Cativa Natureza

🍃Trópica Botânica

🍃Fefa Pimenta

🍃Sementes de Gaia

🍃Boni Natural

🍃Be Plus Natural Care

🍃Yamuna Artesanal

Como usar: Esfregue a barra no couro cabeludo e massageie bem tomando cuidado para não friccionar os fios uns nos outros (como fazemos com o condicionador). Lembre-se que não haverá espuma!

Caso tenha bastante cabelo ou se ele for bem comprido, separe-o em 4 mechas, passe e esfregue o shampoo sólido nele todo.

É importante lembrar que aqui também existe um período de adaptação, que pode levar mais de uma semana, porque você estará retirando camadas de química do seu cabelo, além de estar aprendendo uma nova forma de lavar os fios.

 

Shampoos convencionais sem parabenos e petrolatos

Dá para começar a se cuidar de forma mais natural sem grandes mudanças, afinal, é preciso respeitar seu tempo e o que está disposta a rever na sua rotina capilar.

parar de usar shampoo - Shampoos Naturais

No caso dos shampoos um pouco mais naturais citados aqui, a lavagem é exatamente a mesma! E a boa notícia é que a maioria deles é facilmente encontrada em supermercados e farmácias.

As marcas são:

🍃Livealoe

🍃Arte dos Aromas

🍃Bioextratus

🍃Fina Flor

🍃Eh cosméticos

🍃Phytoervas

🍃Surya Brasil

🍃Natura – linha Mamãe e Bebê

🍃Jonhson’s Baby

Vale lembrar que os shampoos podem mudar a formulação e que nem todos os produtos de cada marca são 100% naturais, ou seja, essas marcas apresentam alguns shampoos sem os ingredientes nocivos.

A recomendação é ler o rótulo antes de levar pra casa conferindo se dentre os ingredientes (sempre em inglês) não há nada que inclua as palavras Sulfate, Sulfonate, Sulfosuccinate, Mineral Oil, Parafinum, Vaselin, Petrolatum e MetylParaben, sendo este último com diferentes prefixos.

Algo que facilita muito a procura por shampoos mais naturais é verificar as opções de lojas onlines especializadas nisso. As que recomendo são a Lohas Store, onde há filtros para os ingredientes, e a Beleza do Campo, que também especifica os shampoos sem os ingredientes nocivos.

Como parar de usar shampoo por completo?

Decidiu que quer uma rotina de beleza para cabelos livre de qualquer shampoo, inclusive dos naturais? Então, é hora de você aprender a lavar seus cabelos à moda No Poo.

São 2 as opções aqui:

 

Bicabornato de sódio + vinagre de maçã

O bicabornato de sódio tem a função de limpar gorduras, a oleosidade do cabelo, e, portanto, vai ser usado como shampoo. Como ele abre as escamas dos fios, esse método de limpeza natural precisa ser finalizado com o vinagre de maçã, que vai fechar as cutículas do cabelo e agir como um condicionador natural.

O vinagre de maçã é o mais indicado, mas outros vinagres também são úteis. E não se preocupe porque o cheiro não fica no cabelo!

Como fazer

O primeiro passo é diluir corretamente os ingredientes:

  • Bicabornato: diluir 1 colher em um copo de água. Dilua 2 caso seus cabelos sejam muito volumosos ou compridos.
  • Vinagre: a mesma regra! diluir 1 colher em um copo de água. Dilua 2 caso seus cabelos sejam muito volumosos ou compridos.

No banho, você precisa separar o cabelo em mechas e despejar aos poucos o bicarbonato diluído, sempre massageando o couro cabeludo. Enxágue bem e, por fim, aplique o vinagre diluído no comprimento dos fios e enxágue mais uma vez.

Na prática

Como não sou adepta dessa técnica, separei bons conteúdos de quem conta como lavar o cabelo assim e as consequências.

  • Bela Gil explicando como lava o cabelo com bicabornato e vinagre e como alterna com shampoos

 

 

Water Only – Lavando somente com água

Dá pra lavar o cabelo só com água? Quem vai de water only diz que sim!

Essa técnica consiste em distribuir a oleosidade do topo da cabeça para o comprimento dos fios, ajudando os cabelos a ficarem limpos e hidratados por inteiro.

Como fazer

Você precisará esfregar da mesma forma que faria caso estivesse usando um shampoo, ou seja, com vigor e em todo o couro cabeludo. Faça isso sempre no sentido da raiz às pontas.

Na prática

Separei aqui depoimentos de pessoas que usam o water only pra lavar os cabelos. Dá uma olhada:

  • Respondendo como e os efeitos de lavar o cabelo só com água – por Luisa Ferrari

 

A Lucy é super pioneira no assunto e responde todas as dúvidas sobre o Water Only nesse post. Além de tudo, ela é do tipo super sincera. Adoro!

Shampoos mais naturais ou zero shampoo: o que escolher?

Agora que você sabe os motivos pra tanta gente estar trocando o shampoo convencional por opções naturais e o que envolve cada escolha, é hora de agir.

Eu, por exemplo, ainda preciso de praticidade nesse âmbito e, por isso, uso os shampoos mais naturais (infelizmente, tem o inconveniente da embalagem) alternando com um shampoo sólido (que reduz o descarte da embalagem plástica, já que demoro mais para me desfazer de uma).

Desse modo, coloco ingredientes mais naturais no cabelo e no couro cabeludo, reduzo os poluentes que vão junto com a água e consigo reduzir um pouquinho o tempo de descarte do recipiente plástico que vem o shampoo. Ah! E uso o condicionador normalmente, cujos problemas são as embalagens e a presença de silicones.

Obviamente, o método mais sustentável é o que leva apenas água, já que o bicabornato e o vinagre também serão adquiridos em embalagens plásticas, lembre-se disso!

O que é preciso entender é o que você quer e o está disposta a fazer.

E quer saber? Eu acredito muito que a gente não precisa se culpar por não fazer 100%. Precisamos nos informar e fazer o melhor que podemos. 💚

Você também procura alternativas mais naturais o possível quando o assunto são produtos de beleza? Comenta!

 

Facebook Comments
5 Comentários
0

veja também

5 Comentários

Pedrita 27 de junho de 2018 - 17:38

Olá Ludmila. Eu costumava utilizar produtos da Eh cosméticos até descobrir que a empresa Hypermarcas é dona dela. A Eh cosméticos afirmou que não realiza testes em animais mas a Hypermarcas é dona de várias outras marcas, inclusive de remédios, que realizam testes. Assim que soube parei de usar. Podem até ser produtos sem tanta química ruim mas acredito que não vale o preço. Beijos

Reply
Ludmila Alves 29 de junho de 2018 - 17:51

Por isso que não indiquei marcas com alguns itens veganos apenas. Se tem tantas que já não exploram animais de maneira alguma, vamos tentar usá-las!
Grata pela contribuição, Pedrita!

Reply
Pedrita 16 de julho de 2018 - 10:14

Sim, com certeza. Tenho usado da marca Arvensis, além de não ser testado em animais também traz a proposta de não utilizar químicas pesadas. Se tiver oportunidade de testar eu recomendo 🙂
Beijos

Reply
Sayure D. Santos 6 de março de 2019 - 22:42

Excelente artigo, muito bom! Aproveita e também dê uma passadinha em meu Blog tenho dicas interesantes lá, acredito que vai gostar. Obrigada!!

Reply
Ludmila Alves 7 de março de 2019 - 07:16

Que bom que gostou, Sayuri!

Reply

O que achou? Deixe seu comentário